segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Resenha Cidades de papel

Acho que a maioria já leu ou ao menos conhece o livro A culpa é das estrelas e estão ansiosos esperando a estréia do filme não é? pois bem, aproveitando a fama dessa linda história me interessei em ler outros livros do John Green, isso acontece quando eu gosto de um livro e da linguagem usada pelo escritor, me agradou já era, quero ler tudo!

Cidades de papel é uma graça, a história te leva a se aventurar junto com os personagens em uma viagem maluca e inesperada para achar uma das garotas mais populares do colégio, Margo. A tal garota além de mais popular é vizinha do personagem principal, Quentin, que esta bem longe de ser o cara mais requisitado do colégio, contudo, ele sempre foi apaixonado por ela além de ter sido bem próximo quando eram crianças.
Sabe aquela tipica história dos amigos de infância que sempre estão juntos mas que ao crescer acabam seguindo caminhos completamente diferentes e sempre tem aquele que se apega mais do que o outro? pois é isso.
A questão é que essa garota bonita e popular não estava assim tão feliz com esse papel, simplesmente usou toda a sua personalidade forte e corajosa para sumir do mapa ( da cidade no caso) deixando somente algumas pistas a ser decifradas ( ou não).
Já que seus pais não se importaram tanto assim em procura-la ( já que era tipico dela fugir de casa) Quentin resolve se juntar com seus amigos e ir atrás daquela que sempre teve um lugar especial em sua vida, mesmo ignorando esse fato.
Eu gostei bastante do livro, li em poucos dias e fiquei vidrada em saber que fim levou essa menina maluca!
Vale a pena por mostrar um lado diferente que alguém pode ter, vai além do óbvio, é bom ter pessoas menos óbvias e mais malucas em nossas vidas, sair da rotina faz bem e o livro mostra que se for feito tudo com responsabilidade ( claro!) viver intensamente nos traz muitas histórias! Indico com certeza.
E agora que venha os próximos livros do John!
Next: Teorema de Katherine.
Image
Image
Image

Nenhum comentário:

Postar um comentário