quarta-feira, 26 de março de 2014

Dia do chocolate

 Imagem
 
     Chocolate foi por muito tempo só o meu doce preferido, o melhor de todos, o mais querido.
  Ele esteve ausente na minha vida por um longo período por causa de uma suposta alergia, foi tudo engano mas isso me rendeu 1 ano sem comer chocolate, pensa em uma agonia!

    Foi então que meio sem querer esse alimento tão bonito veio trazer um sentido e um rumo novo a minha vida. Ele deixou de ser apenas alguns minutos de alegria doce e se tornou uma esperança, se tornou um motivo para me fazer acreditar que podemos nos surpreender muito com nossa capacidade de se renovar, de mudar, de correr atrás de algo diferente quando tudo parece tão igual e sem sentido.

    A questão não foi só aprender a derreter chocolate, moldar bombons, não foi isso. A mágica estava ali em todos os meus inúmeros erros, eu não sei quantas vezes eu queimei o pobre chocolate só sei que foram muitas vezes. Passei madrugadas fazendo os primeiros doces, ia dormir com uma dor horrorosa nas costas, os braços então...sofreram pra caramba mexendo panela de brigadeiro, no final eu tinha aquela sensação de dever cumprido.

    Hoje percebo que todo o processo de aprender a entender o chocolate é bem parecido com o processo de aprender a entender a nossa vida, seja qual for o caminho escolhido. Precisamos ter delicadeza para moldar as palavras que dizemos e nossos gestos são eles que muitas vezes podem machucar ou conquistar alguém, é preciso cuidado para não desandar.

    A arte do chocolate vai estar sempre comigo, seja como for, esse cheirinho de chocolate faz meu coração bater mais forte e eu já sei que é amor verdadeiro.

Imagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário